Ruínas Romanas de Santana do Campo

Ruínas Romanas de Santana do Campo

Época Construção: Romana; Cronologia: Séc. 2 / 3 d.C. - templo romano cujas ruínas ficaram incorporadas na cabeceira da Igreja; Séc. 15 - fundação do templo cristão, deduzida do vestígio mais antigo, imagem da padroeira (ESPANCA, 1975); 1534, após - reforma geral do templo cristão; 1715 - data aposta no dintel do pórtico, correspondente a reforma integral da fachada e interior. Bibliografia: PEREIRA, Gabriel, Antiguidades Romanas em Évora e seus Arredores in Estudos Eborenses, Évora, 1891; CORREIA, Vergílio, Monumentos e Esculturas, Coimbra, 1924; ALARCÃO, Jorge, Portugal Romano, Lisboa, 1973; ESPANCA, Túlio, Inventário Artístico de Portugal-Distrito de Évora, Vol. 8, Lisboa, 1975; ALARCÃO, Jorge, Roman Portugal, London, 1988.”​

Ruínas Romanas - Santana do Campo

Informações Adicionais

© 2014 - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central Termos de Responsabilidades Condições de Privacidade made by |create| it |