Campo da Batalha de Montes Claros

Campo da Batalha de Montes Claros

​A Batalha de Montes Claros, foi travada em 17 de junho de 1665, em Montes Claros, Borba, entre Portugueses e Espanhóis. Passando neste local a estratégica estrada entre Vila Viçosa e Estremoz, o Marquês de Caracena tentou impedir que as tropas portuguesas acudissem Vila Viçosa, onde os espanhóis pretendiam destruir o Palácio dos Duques de Bragança, símbolo da nova dinastia. As tropas portuguesas, comandadas pelo Marquês de Marialva e pelo Conde das Galveias conseguiram o feito de derrotarem o mais poderoso exército da Europa, mostrando ao Mundo que uma reconquista de Portugal por Espanha seria uma tarefa dispendiosa, demorada e mesmo impossível. Graças a esta batalha, a paz entre os dois países foi assinada em 1668, iniciando uma nova era de prosperidade, otimismo e riqueza para Portugal. No local foi mandado edificar, pelo Príncipe Regente D. Pedro, o Padrão de Montes Claros, uma coluna em mármore para assinalar uma das mais importantes batalhas da história de Portugal. O Terreiro da Batalha de Montes Claros foi classificado como Monumento Nacional, no Conselho de Ministros de 06 de dezembro de 2012.

Campo da Batalha de Montes Claros - Borba

Informações Adicionais

© 2014 - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central Termos de Responsabilidades Condições de Privacidade made by |create| it |